• PDF
  • Imprimir

Carnaval – alegria, diversão, cultura, manifestação popular, por Luiz Paulo

  • Qui, 08 de Fevereiro de 2018 09:12
  • Escrito por Luiz Paulo
  • deputado-luiz-paulo-fev2018

    Mas o Rio está abandonado.

    É difícil até acreditar ser possível um não prefeito como o do Rio. Chega-se às vésperas da maior festa popular de nossa cidade, e as informações que vão surgindo beiram o desastre. Trata-se de confiar no bom senso dos cariocas e dos visitantes, no olhar preocupado de nosso Cristo Redentor, no esforço exaustivo dos funcionários públicos da saúde para garantirem atendimento em postos de saúde e hospitais completamente sucateados. Sem contar com a paciência exigida pelos transportes caóticos e desorganizados, pela sujeira permanente nas ruas, pela ocupação irregular de calçadas, pelo risco da má iluminação, dos buracos infindáveis em todas as ruas. É difícil até listar isso tudo. Dói nossa alma.

    O mais interessante é ter afirmado que vai ao Sambódromo para ver se tudo está funcionando, não para sambar, é claro. Como se dúvida houvesse. Mas, para isso, pediu consentimento à Igreja Universal. É preciso alguém contar para ele que foi escolhido por parcela do eleitorado do Rio, pequena, é claro, mas ser prefeito do Rio o obriga a ser gestor de políticas públicas, ser fiscal para que essas políticas atendam à população do Rio e aos que aqui vêm, com competência e dignidade. Não foi eleito para consultar sua crença se deve ou exercer as funções para as quais foi eleito.

    Tem algo muito errado acontecendo no Rio. Não nos bastasse o infame governador Pezão, que dá sua forte contribuição ao caos carioca com a falência da segurança pública e da saúde, e que critica a imprensa pela divulgação, como se noticiar o crime o invente. A falta de senso cresce a cada dia.

    Não se trata, evidentemente, só da questão do Carnaval, apesar de ser, além de importante manifestação cultural e de trazer alegria a muita gente, evento importante para a economia carioca, mas do nível de irresponsabilidade que tem dominado a gestão do Rio, em todas as suas instâncias levando-nos ao fundo do poço. Precisamos refletir sobre isso e agir com muita responsabilidade em nossas decisões.

    Carnaval – alegria, diversão, cultura, manifestação popular, por Luiz Paulo