• PDF
  • Imprimir

É hora de ação, por Teresa Bergher

  • Qua, 21 de Março de 2018 14:00
  • Escrito por Teresa Bergher
  • teresa-bergher-iptu-rio-de-janeiro-psdbcarioca

    Combate ativo, constante e sem tréguas à criminalidade.

    Em meio à tempestade que se seguiu ao assassinato da colega vereadora Marielle Franco, é preciso que não se perca o foco do que diz respeito a todos os cidadãos que vivem no Rio de Janeiro: o combate ativo, constante e sem tréguas à criminalidade que inferniza nossa vida e transforma numa aventura cada saída à rua para o trabalho ou para o lazer. O bárbaro crime exige esclarecimento e punição dos culpados, mas o objetivo maior é reverter a violência, tornar o Rio novamente uma cidade habitável.

    A intervenção na área da segurança pública está completando um mês, sem ter, ainda, resultados visíveis a apresentar. Na verdade, ninguém de bom senso os esperava rapidamente, haja vista o caos em que os sucessivos maus governos lançaram o Estado e, principalmente, nossa cidade. No entanto, no momento em que se fecham as necessárias ações de planejamento e reorganização e em que se mobilizam os recursos humanos e materiais, chega a hora de os interventores começarem a dar a sua resposta.

    Naturalmente, não queremos operações espetaculares, batalhas de guerra urbana e similares, mas é necessário executar logo algumas ações positivas, especialmente em relação aos roubos de cargas, que, junto com o tráfico de drogas, sustenta as organizações criminosas, além da espantosa circulação de armas e munições, que permite aos bandidos afrontar o Poder Público e manter os cidadãos como reféns. Tenho fé e esperança que isso acontecerá, para o bem de todos nós, cidadãos de bem.

    É hora de ação, por Teresa Bergher