A crise na saúde, por Teresa Bergher

  • Qui, 06 de Dezembro de 2018 02:08
  • teresa-bergher-uma-boa-solucao

    Os descaminhos da administração municipal

    Quando o prefeito Marcelo Crivella assumiu, há dois anos, não lhe faltou a boa vontade dos órgãos fiscalizadores da administração, inclusive da Câmara Municipal, que integro. Eu própria, convidada, exerci o cargo de Secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, confiante em contribuir com o prefeito recém-empossado para tornar o nosso Rio melhor. Bastaram oito meses para me desiludir e passar à oposição. E a atuação do sr. Crivella deixa claro que agi corretamente: a atual Prefeitura não só não resolveu os problemas da anterior como ainda baixou, incrivelmente, o padrão dos serviços à população, em especial nos mais delicados deles, os sistemas de saúde e de assistência social.

    O sistema público de saúde, por exemplo, vive os momentos mais críticos de sua história, com salários atrasados, escassez de tudo nos hospitais e ambulatórios, além de clínicas da família fechando. Enquanto esses serviços, absolutamente essenciais, sofrem, vive-se farra orçamentária de aditivos e gastos absurdos com empresas de marketing e promoção de eventos, dando a impressão de que as queixas do prefeito sobre falta de recursos apenas encobrem uma péssima gestão do dinheiro dos impostos que pagamos. De minha parte, não assistirei impassível a esse abuso e vou oficiar ao Ministério Público para que abra uma investigação sobre os descaminhos da administração municipal.

    A crise na saúde, por Teresa Bergher