Unidos pelo Rio de Janeiro, por Lucinha

  • Qua, 20 de Fevereiro de 2019 20:02
  • deputada-lucinha-psdbcarioca

    Vamos lutar para que a União pague os 100 bilhões que deve ao Rio

    Fala-se que o governo não tem dinheiro, mas o Estado do Rio de Janeiro tem dinheiro, sim. Há uma dívida da União com nosso Estado de em torno de 100 bilhões. Precisamos cobrar à União o repasse desse recurso. Arrecadamos 100 bilhões e não recebemos nem 20 bi. Como será possível dar conta da área da saúde, da educação, do saneamento básico, da área social?

    Precisamos, coletivamente, cobrar, lá em Brasília. Somos deputados estaduais eleitos. Lembro que a maior bancada nesta Casa é do PSL. Mas vou junto pelo bem de nosso Estado, sem problema algum. Não importa se sou ou não base do governo, o importante é que estou aqui representando a população que me elegeu e a população deste Estado. É preciso cobrar uma postura do presidente da república, Jair Bolsonaro, morador do Rio de Janeiro: que repasse os recursos devidos ao nosso Estado. E da Lei Kandir também.

    A todo o momento, o Rio de Janeiro é garfado e aí nunca há dinheiro para investir em saúde, educação, saneamento, como também na segurança. Lembremos, permanentemente, de nossa população que não tem dinheiro para pagar plano de saúde, depende da saúde pública, que está quebrada, falida.

    É necessário que se melhore a arrecadação. Se há imóveis alugados pelo Estado para repartições públicas, precisa ser devolvido. Utilizemos os espaços que pertencem ao próprio governo do Estado. Nós temos que economizar, sim, vamos economizar, mas não mexendo no bolso do trabalhador. Porque este sofre, é discriminado, taxado e vive com salário que não dá para sobreviver. Por isso, temos obrigação de cobrar essa dívida da União, para que a população possa ter melhor qualidade de vida.

    Precisamos estreitar mais a relação entre nós, deputados, para conhecer um pouco mais de perto a realidade e o que pensa cada um. Porque um vem da Baixada Fluminense, o outro vem da Região Serrana, o outro é da Região Metropolitana, de São Gonçalo. Aqui temos médico, professor, policial. Todos os segmentos da sociedade estão nesta Casa, que é plural. O que precisamos é fazer prevalecer o diálogo, o debate para, enfim, encontrarmos a saída que seja melhor para a população do Estado do Rio de Janeiro.

    O processo eleitoral já acabou. Não quero mais saber quem votou em quem. Quero saber como vamos ajudar a fazer a boa gestão do Estado, para que a população possa ter os seus direitos mínimos garantidos, principalmente na área da Saúde. Esta deve ser nossa luta e nossa razão para nos unirmos.

    Unidos pelo Rio de Janeiro, por Lucinha